Capa do livro

O meu irmão

Ícone de premiado
Leya 2014 · Melhor livro
Afonso Reis Cabral
twitter logo facebook logo linkedin logo

Sobre o livro

A HISTÓRIA DE DOIS IRMÃOS, UM DELES PORTADOR DA SÍNDROME DE DOWN, QUE PRECISAM APRENDER A VIVER JUNTOS. Com a morte dos pais, é preciso decidir com quem fica Miguel, o filho de 40 anos que nasceu com síndrome de Down. É então que o irmão – um professor universitário divorciado e solitário – surpreende a família, assumindo essa grande responsabilidade. É apenas um ano mais velho que Miguel, e a recordação do afeto e da cumplicidade entre os dois durante a infância leva-o a acreditar que a nova situação acabará por resgatá-lo da aridez em que se transformou a sua vida e redimi-lo da culpa por tantos anos de afastamento. Porém, a chegada de Miguel traz problemas inesperados – e o maior de todos chama-se Luciana. Numa casa de família, situada numa aldeia isolada do interior de Portugal, o leitor assistirá à rememoração da vida em comum desses dois irmãos, incluindo o estranho episódio que ameaçou de forma dramática o seu relacionamento. O meu irmão, vencedor do Prêmio LeYa 2014 por unanimidade, é um romance notável e de grande maturidade literária que, tratando o tema sensível da deficiência, nunca cede ao sentimentalismo, oferecendo-nos um retrato social objetivo e muitas vezes até impiedoso. Afonso Reis Cabral nasceu em Lisboa em 1990 e cresceu no Porto. É o quinto de seis irmãos. Escreve desde os 9 anos. Em 2005 publicou o livro Condensação, no qual reuniu poemas escritos até os 15 anos. Publicou textos em diversos jornais e revistas. Em 2008 ficou em oitavo lugar no 7th European Student Competition in Ancient Greek Language and Literature, entre mais de 3.500 concorrentes de 551 escolas europeias e mexicanas. Foi o único português a concorrer. É licenciado em estudos portugueses e lusófonos pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, tendo recebido o Prêmio Mérito e Excelência, atribuído ao melhor aluno do curso. Na mesma instituição, fez mestrado em Estudos Portugueses com a dissertação A orquestra oculta – os estudos da consciência e a literatura. Foi bolsista no Centro de História da Cultura, onde desenvolveu uma pesquisa sobre a editora Romano Torres. Sempre se imaginou trabalhando na área editorial. Foi revisor freelancer e atualmente trabalha como editor. Escreve crônicas para o jornal Observador.

Páginas

320

Editora

Leya

Como associado da Amazon, Livros Premiados recebe por compras qualificadas.

Outros premiados na categoria Romance Literário

Outros premiados em 2014