Capa do livro

Discurso do prêmio Nobel 2020

Ícone de premiado
Nobel 2020 · Literatura
Louise Glück
twitter logo facebook logo linkedin logo

Sobre o livro

Neste breve e comovente depoimento, a autora de Averno conta como começou a se interessar por poesia.Laureada com o Nobel de literatura em 2020 "por sua voz poética inconfundível que, com austera beleza, transforma a existência individual em universal", Louise Glück é capaz de refletir sobre questões muito profundas com estilo acessível e direto. Em seu discurso ao receber o prêmio, ela lembra que começou a gostar de poesia quando tinha seis ou sete anos, numa época em que, sozinha, brincava de promover competições para eleger "o melhor poema do mundo".Ainda na infância, Glück notou que um poema confirma sua força quando o leitor tem a sensação de que a sua participação é crucial para que os versos se realizem. É como se a voz íntima do poeta enfim alcançasse seu destinatário: "Os poemas que mais ardentemente me atraíram ao longo de toda a minha vida são os […] de escolha íntima ou de convergência, poemas para os quais o ouvinte ou leitor faz uma contribuição essencial, como receptor de uma confidência ou de um protesto, às vezes como cúmplice em uma conspiração."

Páginas

24

Editora

Companhia das Letras

Como associado da Amazon, Livros Premiados recebe por compras qualificadas.

Outros premiados na categoria Poesia

Outros premiados na categoria Não ficção

Outros premiados em 2020